18.12.11


Coração preto. Invasão de clichés de sentimentos. Sensação de meio-cheio, meio-vazio. Excessivos ataques do querer e ter. Gosto do tudo ou nada, e se nada for a melhor opção, prefiro uma alma gelada. Dor prejudicial de murchar jardins e corações. Gritos desnivelados de uma sensação inconsciente. Provavelmente percorrem a alma como quem toca piano, assim, uma melodia com notas combinadas entre si. Tu que costumavas tocar  a combinar com a minha melodia, passas-te a  e fizeste silêncio. Ataque de sentimentos mudos e bipolaridade inconstante. Opiniões distintas, e aproveito para dizer que as notas que tentas tocar não andam em sintonia comigo.

25 comentários:

Sam disse...

oh, por muito que esse coração esteja negro, e essa alma gelada, eu consigo ver cor e calor. consigo mesmo. e já agora, como se chama a melodia que ouço do teu cantinho? é linda.

carina disse...

oh,adorei

carina disse...

oh,que amor, muito muito obg

Francisca disse...

Gostei muito!
p.s a musica que tens no teu blog nao e' do crepusculo ? (:

Emilie disse...

Gostei tanto, estou sem palavras :$ Parabéns!!

Francisca disse...

Obrigada mesmo!
- Eu tenho 99% de certeza que e' :) reconheceria todas as musicas dos filmes :P sou fanatica ^^. ate que hoje o plano para esta noite e' estar deitada na cama,a comer e a ver a Lua Nova e depois o Eclipse ahah :p
Beijiinhos*

(in)felicidade disse...

e o bichinho de saudade por ti que tenho dentro de mim já falava assim um bocadinho para o alto <3

m. disse...

Tens sempre as palavras certas.. Gostei

vaz disse...

o texto está tão lindo (:
adorei o blog, vou seguir *

vaz disse...

de nada linda (:

Marta Sofia disse...

gostei*

blair disse...

gostei :)

rb* disse...

perfeito.

Sam disse...

oh, eu sei bem que não és esse vulto preto que ás vezes descreves de ti própria. eu sei, sinto-o aqui no meu coraçãozinho. e não agradeças, não quero. e oh, já agora, chegam-me sempre musicas lindas aos ouvidos, vindas do teu cantinho, adoro, que paz.

Sam disse...

oh sei, e odeio quando sinto vazio, porque bem.. é como se não sentisse e fosse um ser inanimado, percebes? não gosto. eu gosto de ser energética, feliz, de dançar, de saltar, de correr, sei lá, de sentir as coisas e o mundo, e odeio quando olho para os meus olhos no espelho e o que vejo é.. nada! e sim, há musicas tão especiais! e eu agradeço-te por seres assim, meia cor, meia neutra, porque eu gosto de ti assim, e apesar de falar muito no lado da cor, também gosto do lado neutro, porque oh, são eles que te tornam especiais!

Sam disse...

oh é isso mesmo, e nós acabamos sempre por ultrapassa-los, porque somos fortes o suficiente e olha, nem vale a pena ligar a dias assim. e eu de ti, oh, imenso! <3

rb* disse...

obrigada princesa.

carina disse...

oh muito muito obrigada, de coração

cláudiagomes. disse...

Oh, obrigada princesa :')

claire disse...

e eu gostei tanto destas palavras,tanto

mariana disse...

nem tudo pode encaixar da maneira mais perfeita. força linda*

(in)felicidade disse...

agora deixaste-me sem jeito, minha bruni.

paula maria disse...

ameei!

(in)felicidade disse...

perto dele, até a felicidade tem um sabor diferente, se é que me entendes.

claire disse...

oh exagero:))