1.7.12

Tumblr_lqww2t4xgm1qzh7tdo1_500_large
Estende a mão firme e controla a minha presença quando essa é a que menos importa. E é o querer e não poder. O querer chamar e não ter voz. É o tentar arranjar pretextos para te ter, enquanto mil problemas atacam a escuridão. Sente a pulsação com a mão gélida,enquanto essa é ainda visível por corpos indesejados. E quando eu gritar num espaço sem ar,vais-me ouvir ou simplesmente observar? E se eu falar..quantas palavras cabem no silêncio?

7 comentários:

Maria João Cardoso disse...

adorei o teu blog, e estou a seguir-te (:
tenho novo post e gostava mesmo se me dissesses se gostavas ou não das novas fotografias, clicando em "gosto" ou "não gosto" por favor: blog de fotografia

sam disse...

opá, es tão perfeita

sam disse...

tens que me falar do kyle e de todos estes que vivem aqui

han disse...

a ultima frase certamente encheu o silêncio, poderosa.

Joana Filipa ∞ disse...

adorei !

rita sousa. disse...

gostei muito :)

lu de lúcia disse...

gostei muito da tua escrita e do design do teu blogue!