24.11.11


Se ao menos eu conseguisse desejar-te boa noite. Se conseguisse, falava. Visto que a rouquidão da minha voz é notória à luz da lua, agradecia que as estrelas se juntassem lentamente e apagassem a escuridão. Good morning my ironic love.

13 comentários:

Filipe Ribeiro disse...

no words... loved it *

rb* disse...

vamos esperar que sim! que passei muito, muito rápido.*

Filipe Ribeiro disse...

estou pq me identifico muito ** e sinto me bem... é aconchegante **

Obrigado *

PauloSilva disse...

Que bonita mensagem *-*

db disse...

adoro o teu blog!

mary disse...

obrigada:)

claire disse...

sim,mas as vezes doi muito muito.oh é bom saber disso querida,muito bom:))

Pan. disse...

e não é assim mesmo a própria vida?, estranha e bela. :)

adoro imenso o blogue, este texto está lindo. sigo*

Alice disse...

Oh, tenho andado forte e com a cabeça erguida, como tem que ser <3
E olha, eu também gosto de ti, imenso <3

Alice disse...

És linda e olha, transmites-me uma magia incrível <3 E eu gosto muito disso (:

filipa. disse...

mil e um gostos.

Alice disse...

És uma verdadeira princesa <3

bárbara disse...

pois temos princesa, andam aí muitas coisas a passar-se a que eu ainda não tive acesso <3