22.7.14


Encontro-me num estado de profunda abolição do meu ser. Sinto que não sinto e finjo que sinto para que ninguém se apodere de mim. E o querer sentir consegue sem inferior ao que a vida arrasta do meu pequeno corpo. Provavelmente deveria afundar-me discretamente e aos poucos. Provavelmente o problema está comigo, quando me esqueco que tudo o que me envolve apenas dá rumo à minha história. Não é que eu dependa, mas preciso, e isto dá cabo de mim sam. Não consigo respirar fundo e abrir-me completamente, porque essa já não sou eu. Sinto a minha cabeça perdida num turbilhão de sentimentos e confusões que afastam todas as personagens importantes da minha vida. Provavelmente a culpa é de eu sentir e não pensar. Se calhar misturo o meu pensamento com o coração.. mas sabes? cargas positivas repelem-se. Ou então já não sei o significado das palavras nem me mim mesma. Mas eu tento encontrar-me, juro. O problema é eu estar escondida no abismo e não ter forças para nadar para me encontrar. Só me consigo afogar em mágoas e tabaco. E enquanto estes me mantiveram de pé, não necessito de encontrar o resta de mim.
Não te tenho afastado, só quero que isto estabilize. Assim como quero que essa tua cabecinha estabilize também. Não te quero ver mal sam, preciso das tuas pequenas grandes forças que tens desse outro lado da lua, lembraste? Essas vão estar sempre contigo, apesar de as vezes achares que não, eu sei que continuas forte e de cabeça firme. Tenho a certeza que o sol que tens ai em cima não gosta que apagues essa tua luzinha tão forte que tens no coração. 

6 comentários:

sam disse...

não és problema nenhum, nunca vais ser, nem para ti nem para os outros, a vida é que dificulta tudo um bocadinho... escrever-te-ei uma carta deste lado da lua, mando-ta brevemente meu anjinho

sam disse...

gosto tanto de ti!!

nês disse...

Boa noite!
Estive muito tempo fora e até tinha fechado o blog, mas resolvi voltar!
Visite: http://silenceisntawkward.blogspot.pt
Beijinhos, nês!

Sofia S. disse...

talvez as coisas nem sempre correm como queremos mas não tens de estar perdida por isso.. está lindo, sigo :)

Isy disse...

Acredita que o problema não é teu.... Alias eu muitas vexes também me sinto mal comigo mesma...

Bjxxx

dan ❀ disse...

o teu blog vai ser sempre um dos meus preferidos!